05/03/2020

Suministros Orduña estivemos com os alunos do Mestrado em Engenharia Industrial da Universidade de Navarra na sua sede em Madrid, um dia intitulado “Autoconsumo fotovoltaico. Estudo de caso na indústria de alimentos”.

Como parte da disciplina “Análise e Operação de Sistemas de Energia Elétrica” (AyOSEE) do Mestrado em Engenharia Industrial da Universidade de Navarra, o professor Luis Fontán propôs à Suministros Orduña que participasse da organização da aula sobre “Autoconsumo Fotovoltaico Estudo de caso na indústria de alimentos” para seus alunos, dividido em dois dias. A primeira, de natureza teórica, e a segunda, de visita a uma instalação fotovoltaica industrial como exemplo de aplicação prática do conhecimento adquirido.

A Jornada teve a participação destacada da empresa Icoenergía, empresa de engenharia e instalação. A Icoenergía, cliente da Suministros Orduña desde 2013, é especialista na conceção e instalação de projetos fotovoltaicos com grande conhecimento prático de autoconsumo, tanto do ponto de vista técnico-económico como jurídico-regulamentar.

Ángel Lobo, Responsável pelo Desenvolvimento da empresa Icoenergía, acompanhado por Enrique Martínez e Jesús Cánovas (Dtor. Geral), apresentou aos alunos do Mestrado em Engenharia Industrial um caso real de instalação fotovoltaica de autoconsumo para uma empresa de transformação de carnes, preparação de produtos à base de carne, conservação e embalagem destes.

A necessidade de energia nesse tipo de industria é basicamente para produzir água quente para os processos de lavagem e de frio para conservação.

Gráfico do consumo de energia na Fábrica (dia tipo):

 class=

A apresentação começou com uma explicação dos fundamentos da tecnologia fotovoltaica e dos componentes necessários para uma instalação adequada. Posteriormente, o caso prático foi desenvolvido como um investimento industrial, essencial para obter retornos razoáveis em termos de economia para o proprietário, neste caso industrial, através de “máquinas” fiáveis e duradoras, como podem ser considerados os painéis ou os Inversores fotovoltaicos DC / AC. Nesse sentido, Ángel Lobo destacou a necessidade de minimizar os custos da estrutura de suporte dos painéis fotovoltaicos como um elemento “não produtivo”, embora necessário, da instalação.

O dia teórico terminou com a intervenção de Pablo Sarrasín, Diretor Técnico-Comercial em Suministros Orduña, com uma reflexão sobre o grande desenvolvimento do setor de energia renovável em geral e a energia fotovoltaica em particular, bem como as tecnologias de gestão de Energia e acumulação. Todas elas, áreas interessantes, onde há grandes oportunidades de emprego para jovens engenheiros nos próximos anos.

máster ingeniería. Suministros Orduña

Uma semana depois, em 19 de fevereiro, teve lugar o segundo dia, durante o qual os estudantes puderam visitar uma instalação de autoconsumo desenvolvida para um de seus clientes, Icoenergia, e localizada em Madrid. Especificamente, eles visitaram as instalações da empresa Central Meat Premium do GRUPO NORTEÑOS, que possui uma instalação fotovoltaica de autoconsumo de 100kWp, terminando assim a jornada “Autoconsumo fotovoltaico. Estudo de caso na indústria de alimentos”.

O dia começou com a explicação da equipe da empresa sobre os objetivos pretentdidos ao apostar numa instalação de autoconsumo fotovoltaico. Pela sua parte, o professor Luis Fontán comentou os objetivos da Universidade de Navarra, o Mestrado em Engenharia Industrial e da sua autorização.

Posteriormente, o dia continuou com a visita ao telhado da fábrica para ver a instalação onde Jesús Cánovas de Icoenergía e Pablo Santamaría CTO da Fábrica de Carnes Premium comentaram os aspetos mais importantes da mesma. Os alunos tiveram a oportunidade de aprender mais sobre os principais componentes que caracterizam uma instalação fotovoltaica. De seguida eles pararam na sala de inversores, onde Ángel Lobo explicou o seu funcionamento e mostraram o sistema de monitorização remota através do qual os principais parâmetros da instalação são monitorizados.

 class=

Finalmente, eles também visitaram a área de carnes da empresa, onde explicaram o funcionamento dos sistemas de maturação dos diferentes tipos de carne que processam e o consumo de energia.

“Nos objetivos da descarbonização da economia, o autoconsumo fotovoltaico desempenha um papel importante, não apenas pela sua contribuição no deslocamento da eletricidade produzida pela emissão de fontes de gases de efeito estufa, mas, sobretudo, por trazer o problema energético a muitos atores, sendo grande parte da solução na mudança de hábitos de consumo e eficiência energética, onde todos temos algo a dizer ”, afirma Ángel Lobo de Icoenergía.

“A participação nestas jornadas é muito satisfatória para nós, pois conversamos com futuros engenheiros do nosso país, nas mãos dos quais estará a responsabilidade de termos grandes e magníficas instalações fotovoltaicas, entre outros tipos de projetos. Na Suministros Orduña trabalhamos todos os dias para contribuir com o melhor para o setor ”comenta Pablo Sarrasín.

Por sua vez, Luis Fontán, da TECNUN (Escola de Engenheiros da Universidade de Navarra), Diz-nos que: “nesta disciplina do Mestrado em Engenharia Industrial, procuramos uma abordagem prática e que os alunos entendam o funcionamento dos principais sistemas de energia elétrica, especificamente, a geração através de energias renováveis. Por isso, aspetos regulamentares, económicos, ambientais e de eficiência energética são de particular importância, bem como reuniões com profissionais de reconhecido prestígio no setor energético.

Portanto, a celebração destas jornadas, em que há um grande componente do formação prático em FV, é um capital inestimável para os nossos alunos. Por tudo isso, da TECNUN, agradecemos sinceramente a disponibilidade e o entusiasmo da equipa técnica das empresas Suministros Orduña, Icoenegía e Central de Carnes Premiun (Grupo NORTEÑOS) neste dia de Produção fotovoltaica para autoconsumo”.

De Suministros Orduña, queremos agradecer a Luis Fontán por nos permitir participar nesta jornada maravilhosa. Agradecemos também à Icoenergía pela disponibilidade dos dois dias e pela gentileza de apresentar os seus conhecimentos e experiências e nos mostrar uma de suas instalações. E, finalmente, obrigado a todos os alunos pela atenção, participação e interesse demonstrados nos dois dias. Foi um prazer!